portugal_mexico_taca_das_confederacoes

Balde de água fria: Portugal deixa-se empatar com o México no fim

Portugal inicou esta Taça das Confederações com um empate a duas bolas com o México, em jogo a contar para a 1ª jornada do grupo A.

O conjunto lusto alinhou com Rui Patrício; Cédric, Pepe, José Fonte e Raphael Guerreiro; William Carvalho, João Moutinho e André Gomes; Quaresma, Ronaldo e Nani.

Já os mexicanos apostaram em Guillermo Ochoa, Diego Reyes, Hector Moreno, Carlos Salcedo, Miguel Layún, Carlos Vela, Hector Herrera, Jonathan dos Santos, Andres Guardado, Raúl Jiménez e Chicharito.

Portugal adiantou-se no marcado aos 35 minutos por Ricardo Quaresma. Ronaldo aproveita a falha de Salcedo e recolhe a bola. Depois de atrapalhar-se um pouco com a bola, o capitão da Seleção Nacional não perdeu o norte e colocou o esférico entre os defesas mexicanos em direção a Quaresma. Este tira Ochoa do lance com uma simulação brilhante e atira a contar.

 

Aos 42 minutos o México empatava por Chicharito Hernández. O lance inicia-se com a falha de interceção de um cruzamento e a bola sobra para Carlos Vela. Este cruza de primeira, onde surge Chicharito com um cabeceamento fulminante a bater Rui Patrício.

 

Aos 86 minutos Cédric fazia o 2-1. Gelson vai à linha, tira o cruzamento. Herrera tenta o corte, mas a bola sobra para Cédric, que atira cruzado, para golo.

 

Mas no último minuto do jogo Hector Moreno fazia o empate. O jogador mexicano ganhou nas alturas a Fonte e desviou de cabeça o canto para golo.

 

Com este resultado Portugal ocupa a 2ª posição com um ponto, os mesmos que o México, que surge em 3º lugar. A Rússia lidera o grupo com três pontos, após a vitória sobre a Nova Zelândia por 2-0. Os neozelandezes ocupam a última posição, sem qualquer ponto.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR