Desportivo da Huíla desiste da Taça das Confederações Africanas

O Desportivo de Huíla, terceiro classificado do último Girabola, viu-se obrigado a desistir da sua participação na Taça das Confederações Africanas. O motivo prende-se com as dificuldades financeiras que o clube angolano passa.

VÍDEO: 1º de Agosto conquista a Taça de Angola e faz a dobradinha

Carlos Manuel, diretor-geral do emblema da província de Huíla, refere que os contactos com os patrocinadores, o balanço da direção e as fracas condições do seu estádio, o Ferroviário, levaram a esta decisão.

Para participarmos nas Afrotaças, as despesas são muito altas e, eventualmente, teriam um peso no próximo campeonato, ainda assim, havendo boa vontade dos patrocinadores, seríamos obrigados a jogar fora de casa”, afirmou em declarações à Rádio 5.

Dolores elogia Georgina e fala do casamento com Ronaldo

Os custos associados à participação na Taça das Confederações Africanas são demasiado elevados para a delicada situação financeira que o clube atravessa. Estamos a falar de um custo de 100 mil dólares, cerca de 90 mil euros, por jornada.

Ora com a desistência do Desportivo de Huíla e a descida de divisão do Kabuscorp por decisão da FIFA, será o Interclube, quinto classificado da última edição do Girabola, a marcar presença na competição.

Veja também:

Advogados da mulher que acusa Neymar de violação abandonam o caso

FPF paga 24€ a adeptos para apoiar João Félix na chegada a Espinho

VÍDEO: Félix insultado na concentração da Seleção: “Lampião de m****”

VÍDEO: Adversário ajoelha-se perante Ronaldo em pleno relvado

VÍDEO: Espetáculo de Ronaldo: Pontapé de bicicleta, fintas e o golo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR