Portugueses pelo Mundo: André Simões

André Luís Gomes Simões (nascido a 16/12/1989, em Matosinhos) é um nome que pouco dirá às pessoas que acompanham o futebol português, mas é mais um jogador a dar provas lá fora.

Simões é um médio defensivo/centro que integrou os escalões de formação do FC Porto em 2003/04, quando tinha 13 anos, contudo, no final da época foi dispensado e teve de seguir o seu percurso, integrando na época seguinte a equipa jovem do Padroense.

Uma época bastou, para que o jovem se destacasse e fosse rapidamente recrutado para o Leixões, clube da terra natal, mas após três temporadas e na transição para sénior André Simões voltou a ser dispensado.

Deste modo o jogador, voltou ao Padroense para dar os primeiros passos no futebol sénior. Seguiram-se 3 épocas e na última, ajuda o Padroense a sagrar-se campeão da II divisão Zona Centro em 2010/11.

A boa época de Simões não passa despercebida ao Santa Clara, e o jogador ruma assim aos Açores para começar a disputar os campeonatos profissionais (2ª liga).
Faz duas temporadas pelo clube açoriano onde se destaca, pelo seu controlo, agressividade, posicionamento e sobretudo uma grande capacidade de recuperação de bola, características mais que suficientes para convencerem o Moreirense a avançar para a sua contratação.

O Moreirense vinha de uma época em que tinha sido relegado da Primeira para a Segunda divisão portuguesa de futebol e procurava investir para voltar ao convívio dos maiores do futebol português.
Em Moreira de Cónegos, existia uma grande confiança que o clube poderia voltar à principal divisão, e assim foi, com André Simões a titular e a fazer uma brilhante época o Moreirense sagrou-se campeão da 2ª Liga, sob o comando técnico de Vitor Oliveira.

Na temporada seguinte, o jogador mantém-se na equipa e iria pela primeira vez disputar o escalão máximo do futebol nacional, com o principal objetivo de garantir a manutenção.

Sem dúvida que 2014/15 foi a época de “explosão” de André Simões, que passou do anonimato a um dos bons valores nacionais aos 25 anos.

O jogador perfaz 36 jogos, onde consegue concretizar 6 golos, um excelente número para um médio mais defensivo (embora com boa chegada à área adversária), é uma das principais figuras do Moreirense que consegue ficar em 11º lugar.

Depois desta grande época, o jogador chega a ser falado como possível reforço do FC Porto, mas tal não se concretiza e André ruma à Grécia, para representar um dos clubes mais emblemáticos do país, o AEK de Atenas, no decorrer do verão de 2015.

O português chega e pega de estaca, sendo titular nas 3 épocas na capital grega (a época que está a decorrer é a terceira do jogador na Grécia).

O jogador tem impressionado de tal modo que tem sido fortemente apontado ao Valência, chegou-se a julgar que o negócio poderia ser realizado neste último mercado de janeiro, mas ao que parece terá ficado “congelado” até ao verão, altura, que ao que tudo indica o jogador pode rumar a Espanha, o que reflete o excelente trajeto que o médio tem feito.

Tapado na seleção nacional por William Carvalho e Danilo Pereira, e igualmente por jogadores que atuam como “8” mas com uma vocação mais defensiva, a possibilidade de André Simões se naturalizar grego (ao exemplo de Zeca, português que atuou pelo Vitória de Setúbal e que joga pela seleção grega) já chegou a ser falada.

Esperemos para ver mais sobre o percurso do jogador de 28 anos que está na luta pelo título no campeonato grego e disputa ainda a Liga Europa.

Veja aqui um vídeo do jogador na sua primeira temporada de futebol grego:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR