Portugueses pelo Mundo: Pedro Mendes

Pedro Filipe Teodósio Mendes, é um defesa central relativamente pouco conhecido no futebol português, mas o seu trajeto não pode ser ignorado.

Nascido na Suíça em Neuchâtel em 1990, filho de emigrantes que logo retornaram para o país. Com 10 anos entra para os escalões jovens do Real Massamá e aos 15 anos capta a atenção do Sporting que logo o recruta para as suas fileiras.

No Sporting cumpre a restante formação até chegar à idade sénior, sendo emprestado no seu primeiro ano, precisamente ao Real Massamá.
Cumpre essa época (2009/10) e na seguinte é emprestado para o Servette da Suíça, onde é orientado pelo treinador português João Alves e obtêm a subida ao principal escalão do futebol helvético.

Começa-se a falar de um futuro risonho para o jovem central que começa a ser agenciado por Jorge Mendes e que rapidamente o leva na temporada seguinte (2011/12) para o Real Madrid, treinado por José Mourinho, o jovem iria então integrar a equipa B do colosso espanhol.

Realiza 23 jogos, onde perfaz boas exibições, e que leva a que José Mourinho o lance na equipa principal no dia 27 de Dezembro de 2011, na vitória frente ao Ajax por 3-0, onde atua durante 23 minutos.

Esta chamada à equipa principal, o facto do jogador ser português e agenciado por Jorge Mendes, faz com que a imprensa espanhola questione esta opção de José Mourinho, afirmando que o jogador não era merecedor deste “prémio”, ou que pelo menos não deveria ser em detrimento de outros jovens da cantera madrilena.

Na temporada seguinte, retorna ao Sporting onde integra a equipa , é capitão e titular numa excelente época da equipa secundária dos leões (4º lugar na Segunda Liga). Contudo, se esta época foi boa para a equipa B, foi a mais trágica da história do plantel principal verde e branco, que terminou no 7º lugar da Liga Portuguesa, esta “catástrofe” no futebol leonino, motivou a aposta em muitos jovens, como Eric Dier, Tiago Ilori e Bruma.
Também Pedro Mendes realizou 3 jogos na equipa principal dos leões nessa época, com exibições que agradaram aos responsáveis leoninos.

O jogador acabava contrato no fim da época, e o Sporting pretendia renovar, contudo, Pedro Mendes, preferiu mudar de ares e assinar pelos italianos do Parma.

A época não corre de feição ao jogador de 23 anos, que realiza 8 jogos e é logo emprestado ao Sassuolo na segunda parte da temporada, onde atua por 9 ocasiões.

Em 2014/15 volta a Parma e assume-se como titular na equipa, contudo não conseguem evitar a descida terminando no último lugar na Série A.

Assim, na temporada seguinte o jogador transfere-se para França, mais concretamente para o Rennes, assume-se com titular dos franceses.
Aqui realiza duas temporadas, somando tempo de jogo, até que no verão de 2017, é contratado pelo Montpellier.

Este ano Pedro Mendes, leva 31 jogos e 1 golo, a excelente época do jogador e a escassez de centrais na seleção fazem com que o jogador comece a ser falado pelas pessoas como uma das opções para o Mundial ou pós-Mundial, na reforma do envelhecido centro defensivo de Portugal.

A verdade é que Pedro Mendes não consta da convocatória feita hoje por Fernando Santos e dificilmente fará parte dos 23 eleitos para disputar o Campeonato do Mundo na Rússia, contudo foi um dos nomes falados hoje na conferência de imprensa, por parte do selecionador nacional.

A estreia na seleção das quinas pode estar próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *