Top 7 Treinadores em Portugal 2018/2019

Resultado de imagem para sergio conceiçao porto

2º- Sérgio Conceição- FC Porto

Podíamos estar aqui a mencionar a temporada sem títulos do treinador e a crucificar o trabalho de Sérgio Conceição, mas a verdade é que, no nosso entender Sérgio não realizou uma má temporada, contudo no balanço final esta não deixa de ser uma temporada falhada.
Mas vamos por partes a época inicia-se com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira frente ao Desportivo das Aves, o primeiro deslize também chega cedo na época com uma derrota no Dragão frente ao Vitória de Guimarães, ainda assim o FC Porto retomaria a dianteira num lugar que apenas veio a largar a meio da 2ª volta, altura em que perde com o Benfica no Estádio do Dragão.
Na Liga dos Campeões, o FC Porto de Sérgio Conceição rubricou uma excelente campanha europeia, a melhor entre os clubes portugueses, fica em 1º lugar num grupo equilibrado que contava com Schalke, Galatasaray e Lokomotiv de Moscovo, com 5 vitórias e 1 empate. Terminada esta primeira fase calha em sorte a Roma, que claro sendo uma das equipas mais fracas presentes ainda em prova, é sempre um clube difícil para o nível do campeonato português e não é demais recordar que chegou às meias finais da edição anterior, eliminando por exemplo, o Barcelona.
Os azuis e brancos conseguem passar após prolongamento, contudo eis que lhes calha o Liverpool que já os havia eliminado na temporada anterior, e esta eliminatória foi sem hipótese com os ingleses que mais tarde viriam a tornar-se Campeões Europeus a demonstrarem toda a sua superioridade.
Em termos de taças a nível nacional, o FC Porto chega as duas finais, não demonstra ser inferior ao opositor mas perde a oportunidade de conquistar ambos os títulos na marca das grandes penalidades.
Na Liga, a época também é bastante boa, apenas se pode apontar o dedo ao FC Porto por ter perdido a vontade anteriormente alcançada, mas ainda assim fazem 85 pontos, pontuação esta que noutros anos já permitiu ser Campeão.
Em suma, é uma época falhada porque temos a ausência de títulos (exceptuando a Supertaça), contudo estes títulos foram disputados todos até ao fim, 2 deles perdidos nos penalties, e outro, aí, talvez com alguma culpa de Sérgio Conceição na equipa que apresentou e na forma como mexeu, que foi onde o Benfica deu o primeiro passo para “Reconquista” com a reviravolta no Estádio do Dragão. A campanha na Liga dos Campeões para realidade portuguesa foi excelente.
Veremos como será a nova época de Sérgio Conceição, certo é que não pode ficar ausente dos títulos outra vez, porque no final é isso que os adeptos de equipa grande cobram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR