10 das camisolas mais feias de sempre

Os gostos quanto a equipamentos são sempre discutíveis, contudo nestes 10 casos podemos afirmar que todas são horríveis, senão veja:

Peterborough Utd (1990)- Uma camisola com padrões muito infantis e pouco apelativa.

Arsenal (1990/91)- A equipa de Londres vestia um equipamento muito ‘psicadélico’.

Manchester United (1991/92)- A famosa equipa inglesa, deixou os adeptos muito desagradados com um equipamento alternativo demasiado vistoso e pouco identificativo do clube.

Manchester United (1992/93) – Na época seguinte o alternativo continuou feio, com padrões repetidos, muito populares nos equipamentos em Inglaterra nos anos 90. Não percebemos bem porquê pois eram horríveis.

Huddersfield Town (1993)- É difícil de compreender o que se passou com esta camisola…

Estónia (1996)- Em 1996, a Estónia deixou o mundo surpreendido, mas pelas piores razões.

Bochum (1997/98)- A camisola desta equipa alemã parece indicar que os seus jogadores são profissionais em pinturas de casa.

Athletic Bilbao (2004/05)- Os bascos surpreenderam com um equipamento que parece que levou com quilos de ketchup em cima.

TSV 1860 Munchen (2010)- Percebemos que a ideia era homenagear antigas lendas e figuras do clube, contudo apresentar este equipamento em 2010, quando parece saído diretamente dos anos 90…

La Hoya Lorca (2013/14)- Esta pequena equipa de divisões inferiores espanholas, parece ter um anúncio de ervilhas na camisola. Contudo a ideia principal, possivelmente até era serem falados, nesse caso…objetivo conseguido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR