Adrien Silva: “Ressentido com o Sporting não, com Bruno de Carvalho sim”

Adrien Silva concedeu uma extensa entrevista ao diário britânico The Guardian, onde recordou a polémica transferência para o Leicester City.

Lembre-se que o jogador teve de esperar até janeiro para poder representar os foxes, depois de o clube ter falhado a data limite para a sua inscrição.

“Ao longo da minha carreira tive algumas lesões, mas nessa altura sabia porque não jogava, as lesões fazem parte do futebol e sempre aceitei isso. Mas, toda esta situação não foi correta. Não foi correta porque eu estava fisicamente apto a jogar e nada fiz de errado para provocar esta situação.

Nunca entenderei a decisão da FIFA. Não existe proteção ao futebolista nestas situações. Os futebolistas são o mais importante, certo? Então por que razão a FIFA não percebe isso e abre exceções? Compreendo se a inscrição for feita horas depois do tempo limite, mas neste caso foram segundos. Acho que foi uma péssima decisão”, afirmou.

Foi por apenas 14 segundos que a inscrição não se concretizou.

O papel do Sporting no desfecho da transferência também foi abordado nesta entrevista. A dada altura o jornalista recorda as palavras de Bruno de Carvalho, aquando da transferência de Adrien.

A transferência de Adrien está completa. Espero claramente que o Leicester o consiga inscrever“.

Tal declaração foi entendida como um “lavar de mãos” por parte do líder leonino. Questionado sobre se teria ficado ressentido com esta postura, Adrien foi claro.

Com o Sporting não. Com o presidente sim. O que é diferente. Julgo que ele tentou proteger o seu clube. Mas no futebol, quando se representa um clube, é importante proteger a pessoa ou o jogador“, atirou.

Por último o antigo capitão leonino abordou o número que escolheu para esta sua aventura no Leicester City.

“Falei com o meu empresário, que esteve comigo mês e meio no hotel – a minha esposa e filhos não podiam estar comigo, ainda não tinha casa – e disse: ‘temos de brincar com esta situação, por isso, porque não o número 14?“, concluiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *