Avião que transportava reforço do Cardiff desapareceu e teme-se o pior

O avião privado que transportava Emiliano Sala para o Cardiff encontra-se desaparecido desde esta 2ª feira à noite e teme-se o pior.

Segundo adianta o diário desportivo francês L’Equipe, o jogador foi contratado ao Nantes e chegou a despedir-se dos colegas, antes de apanhar o avião para Cardiff. O voo deveria ter chegado às 22 horas locais e o último contacto feita pela aeronave aconteceu pelas 20 horas.

Perante isto foram lançados dois helicópteros e vários barcos, numa operação de socorro na área de Guernsey-Alderney, no canal da Mancha, afim de encontrar o avião.

Foram mobilizados meios de busca para a área, mas acabaram por ter de abandonar o local por volta das 2 da manhã por causa dos ventos fortes, condições de mar adversas e fraca visibilidade. Até agora não há qualquer sinal do avião“, disse fonte da polícia.

“O avião partiu de Nantes às 19h15 e voava a cerca de 1.500 metros de altitude. Quando passava sobre Guernsey pediu para baixar. A torre de controlo de Jersey perdeu o contacto com o avião quando este estava a uns 700 metros de altitude“, prosseguiu.

A polícia refere ainda que as condições atmosféricas não eram impeditivas de se fazer a viagem. Na altura chovia mas “nada de muito intenso”.

Recorde-se que Sala recusou uma grande proposta da China para assinar pelo o clube galês por três anos e meio. O Cardiff desembolsou 17 milhões de euros para garantir a contratação do avançado argentino do Nantes. Acrescente-se ainda que Sala já jogou em Portugal, no FC Crato, clube que milita nas distritais de Portalegre.

Veja também:

VÍDEO: Ronaldo em tribunal de sorriso largo e de mão dada com Georgina

MENTIRA: Inglesa que acusou Ronaldo de a ameaçar foi desmascarada

VÍDEO ARREPIANTE: Sauditas acompanham o “SIIIM” de Ronaldo

VÍDEO: Ronaldo saiu à rua e foi a loucura na Arábia Saudita

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR