Bernardo Silva confessa sentir-se subvalorizado na Bola de Ouro

Bernardo Silva concedeu uma entrevista ao Esporte interativo, onde assumiu que se sente subvalorizado aos olhos do futebol mundial.

Veja também: VÍDEO: Ronaldo já aterrou em Turim e teve direito a uma impressionante escolta policial

Tudo porque depois de ter vencido quatro troféus (Premier League, Taça de Inglaterra, Taça da Liga e Supertaça) ao serviço do Manchester City e a Liga das Nações por Portugal, o seu nome não constou na lista dos dez melhores do mundo para a FIFA.

“Há clubes que têm mais força na comunicação. Recentemente, falei com De Bruyne, David Silva e Agüero sobre não terem estado na luta pela Bola de Ouro. Os prémios coletivos são mais importantes, mas os individuais são importantes e deveriam ter sido reconhecidos”, afirmou.

Veja também: FOTOS: As BOMBAS que decoram a garagem de Dolores Aveiro

O internacional português foi ainda convidado a abordar o futuro da Seleção Nacional sem Cristiano Ronaldo.

O dia em que Cristiano se retirar será um dia triste, não preciso nem dizer o porquê. É um jogador impossível de substituir. Mas Portugal tem uma geração muito forte, é uma geração que tem tudo para continuar bem. Ele é insubstituível, mas vamos continuar após isso”, referiu.

Veja também: Quaresma volta a atacar André Ventura e mete o Benfica ao barulho

Por último Bernardo Silva abordou a questão do coronavirus, considerando que “o mais importante é a saúde das pessoas“.

Os governos têm a capacidade de decidir o que é melhor para as pessoas. Sinto falta, mas vamos acatar ordens. O que for melhor, faremos”, concluiu.

Veja também: FOTO: A prenda luxuosa de Ronaldo para Dolores no dia da mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.