Coronavírus dita fracasso em negócio de Cristiano Ronaldo

O coronavírus entrou sem pedir licença nas nossas vidas provocando profundas alterações, principalmente a nível financeiro.

Veja também: Revelados os salários milionários de Ronaldo e jogadores da Juventus

Ninguém é imune ao seu impacto. Cristiano Ronaldo que o diga. O craque português viu-se obrigado a encerrar a fechar a sua loja roupa CR7 na Marina de Vilamoura.

Veja também: VÍDEO TERNURENTO: Ronaldo e Georgina ‘atacados’ pelos seus bebés

Segundo adianta a revista TV Guia as fracas vendas justificam esta decisão. Ronaldo vendeu o espaço a troco de um milhão de euros, encontrando-se agora disponível para arrendar.

Das três lojas CR7, só a do Funchal continua em funcionamento, cuja estão está a cargo de Elma Aveiro, irmã mais velha do astro português.

Veja também: Cristiano Ronaldo prepara mansão de luxo em Cascais

A loja do Parque das Nações, em Lisboa, foi encerrada no ano em que a família decidiu investir no Algarve, 2010. No entanto, menos de 10 anos depois, o negócio deixou de fazer sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.