Bruno Cortez: Flop na Luz, sucesso no Grémio e a camisola de CR7

Bruno Cortez é um nome conhecido dos portugueses, devido à sua (curta) passagem pelo Benfica.

Corria o ano de 2014, quando o lateral esquerdo chegou à Luz para reforçar a equipa então treinada por Jorge Jesus por empréstimo do São Paulo, o jogador vinha bem referenciado, 2 anos antes tinha sido eleito o melhor na sua posição a atuar no Brasileirão e já somava 1 internacionalização pelo Brasil.

Contudo a estadia em Portugal não correu como desejado e apesar de começar a época como titular o jogador apenas somou 7 jogos com a camisola encarnada, voltando ao Brasil logo no mercado de janeiro.

Chegado ao Brasil voltou a ser emprestado, ao Cricíuma, e posteriormente transfere-se para o Albirex Nigata onde fica 2 anos.

Nesta última época, começou-se a falar que Cortez reforçaria o Naútico, que atua na 2ª divisão brasileira (Série B), acabou por ir para o Grémio, onde recebeu um voto de confiança do treinador Renato Gaúcho.

A resposta não poderia ter sido a melhor, Bruno Cortez afirmou-se no onze do Grémio com grandes exibições, tornou-se Campeão da Libertadores, renovou contrato com a equipa tricolor e é hoje em dia uma das peças chave do Grémio.

A equipa brasileira enfrentará amanhã o Real Madrid, em jogo correspondente à final do Mundial de Clubes, Bruno Cortez vai enfrentar o melhor do mundo Cristiano Ronaldo, e no final deseja trocar camisolas com o craque português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR