Dois portugueses entre os candidatos à sucessão de Wenger no Arsenal

Arsène Wenger anunciou a sua saída de cena dos ingleses do Arsenal, depois de 22 anos no comando técnico. Rapidamente a imprensa internacional avançou com possíveis sucessores do treinador francês, entre eles dois portugueses.

São eles Leonardo Jardim, que orienta o Monaco, e Paulo Fonseca técnico do Shakthar Donetsk.

Para além dos dois técnicos portugueses, que já foram várias vezes associados, estão também os nomes de Mikel Arteta, que jogou cinco anos no Arsenal, Thierry Henry, antiga super estrela dos gunners, Carlos Ancelotti, que está livre de contrato e quer regressar à Premier League, Luis Enrique, que depois da paragem pretende voltar a trabalhar, Rafa Benítez, o selecionador alemão Joachim Low e Brendan Rodgers, que treina o Celtic de Glasgow.

Recorde-se que Marco Silva também já foi associado aos gunners.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR