Dybala confortado por Ronaldo ao chorar após marcar pela Juventus

Paulo Dybala foi uma das figuras da vitória de ontem da Juventus por 2-0 sobre o Bolonha, ao apontar o primeiro golo dos bianconeri. O que poucos terão reparado é que o argentino chorou após marcar.

O motivo prende-se com o facto de para o jovem jogador ser um dia particularmente difícil, já que se assinalava os oito anos da morte do seu pai.

Adolfo Dybala faleceu em 2010, devido a um cancro fulminante nos intestinos. Dybala tinha apenas 15 anos e uma ligação forte com o seu pai.

Este acalentava o sonho de ver um dos seus três filhos a chegar a jogador profissional e infelizmente não esteve fisicamente presente para acompanhar a ascensão meteórica do seu filho mais novo.

Perante as lágrimas do companheiro de equipa, Ronaldo foi rápido ao seu encontro e não só felicitá-lo pelo golo, mas também confortá-lo. Para além do talento para o futebol, o internacional português tem em comum com Dybala o facto de ter perdido o pai também muito cedo.

O camisola 10 da Juventus não marcava há já 144 dias e foi precisamente ontem que se estreou a faturar esta temporada.

Veja também:

VÍDEO – Dêem-lhe o prémio Puskàs: Éder marca golaço do outro mundo

VÍDEO: Noite de sonho de André Silva foi pesadelo para o Real Madrid

VEJA AS IMAGENS: Georgina deixa mensagem enigmática a Ronaldo e amigo parte tudo

André Silva: o herdeiro de Ronaldo e ainda a boca ao Milan

VÍDEO: Jogador do Sporting indignado, atira-se a Cristina Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR