“Florentino não reconhece o erro que cometeu em deixar Ronaldo sair”

Iván Amaya, antigo jogador do Getafe, Rayo Vallecano e Atlético de Madrid, comentou a atualidade do Real Madrid, em declarações ao diário desportivo espanhol Marca.

Este considera que Julen Lopetegui não tinha condições para fazer mais do que conseguiu, sobretudo após a saída de Cristiano Ronaldo.

“O Julen não é o principal responsável pelo desastre do Real Madrid. Cristiano Ronaldo saiu e perdeste 50 golos. Lopetegui não tinha matéria suficiente para salvar a equipa”, afirmou.

Aliás o espanhol considera Florentino Pérez, presidente do emblema merengue, como o principal pela crise que o clube atravessa, principalmente depois de ter aberto a porta de saída ao internacional português.

Este ano Florentino equivocou-se e não quer reconhecer o erro que cometeu em deixar Cristiano Ronaldo sair e não trazer alguém que faça os 50 golos que o português fazia“, referiu.

O comunicado do Real Madrid a anunciar o despedimento de Lopetegui, também mereceu um reparo.

Julen é um senhor e demonstrou-o. O comunicado do Real Madrid e o de Lopetegui demonstra a classe que cada um tem”, concluiu.

Veja também:

Ronaldo deixa mensagem a Messi e um aviso aos seus haters

ÚLTIMA HORA: Comunicado arrasador do advogado de Ronaldo sobre o caso da violação

Ronaldo arrasa Florentino Pérez pela sua saída do Real Madrid

“Ronaldo não me obrigou a ir para o hotel. Fui pelo meu próprio pé”

Pai de Lopetegui fala do Real Madrid: “Roubaram 50 golos ao meu filho”

A traição chocante que levou Ronaldo a abandonar o Real Madrid

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR