Futre surpreende: “Figo não queria ir para o Real Madrid”

Ontem Paulo Futre marcou presença no programa desportivo espanhol El Chiringuito, onde fez uma revelação surpreendente sobre Luís Figo. Cada vez que se fala do antigo internacional português em Espanha, é abordado a polémica transferência do Barcelona para o Real Madrid.

Segundo Futre, Figo não queria ir para Madrid. No entanto, uma cláusula imposta por Florentino Pérez durante as negociações obrigou o antigo capitão da Seleção Nacional a protagonizar a polémica transferência. A cláusula em causa contemplava o pagamento de 35 milhões de euros de indemnização, caso a transferência para o Real Madrid não se concretizasse.

Quando Figo se apercebeu no que se tinha metido, pelas ameaças de morte às suas filhas e a tudo que se estava a montar, começou a recuar. E disse ao seu representante que não ia para o Real Madrid.

Na última cláusula do contrato estava estipulado que Figo teria de pagar 35 milhões de euros ao Real Madrid. Dizia que tinha de pagar todas as quotas dos sócios se não assinasse. Nem o empresário dele nem eu acreditávamos que Florentino ia ganhar as eleições. Quando as ganhou, o empresário estava a chorar e eu preocupado.

O Figo tinha que assinar ou pagava 35 milhões de euros. Não tinha saída, estava atado à cláusula“, concluiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *