Parecer diz que processo criminal contra Ronaldo não é legal

As acusações de evasão e fraude fiscal contra Cristiano Ronaldo voltaram a dar que falar nesta 2ª feira.

Segundo informa o diário desportivo espanhol As, a defesa do internacional português apresentou um parecer elaborado pela “Equipa Económico”, uma firma de serviços na área de fiscalidade e assessoria financeira, fundada por Cristóbal Montoro, atual Ministro das Finanças em Espanha, que defende que o processo criminal da “Hacienda” contra o jogador “é inconsistente e não tem fundamento legal”.

Cabe agora à acusação se retira ou não o processo pela via penal, sendo arquivado. Assim, Ronaldo não teria de ir a julgamento ou de uma eventual condenação. O mesmo aconteceu a Lionel Messi, jogador do Barcelona, em 2017, quando foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais.

Ainda assim, nada está garantido para Ronaldo que, mesmo que o fisco espanhol desista do processo criminal, deverá insistir no processo administrativo, ou seja, que seja reposto o valor em falta e ainda uma multa.

Recorde-se que Ronaldo é acusado de desviar 14,7 milhões de euros do fisco espanhol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *