Quando usavam o nome de Figo para gozar com Ronaldo no Man. United

Kleberson foi apresentado como reforço do Manchester United juntamente com um menino até então completamente desconhecido de seu nome Cristiano Ronaldo.

Veja também: Irina Shayk falou mãe do filho mais velho de Ronaldo

Na altura o brasileiro chegava a Old Trafford como campeão do mundo pelo Brasil, enquanto o internacional português era apenas uma promessa oriunda do Sporting.

“É engraçado. Foi a última e talvez a única vez em que o Ronaldo ficou em segundo plano numa apresentação.

Eu era o jogador em que todos tinham interesse. O Ronaldo era uma promessa. Eu cheguei com o estatuto de campeão do mundo e de ter feito um bom jogo contra a Inglaterra no Mundial de 2002″, afirmou em entrevista à ESPN.

Veja também: VÍDEO: Atlético de Madrid oferece um bruto carro a João Félix

Atualmente Kleberson já pendurou as chuteiras, mas recorda-se das picardias com o jovem Ronaldo. Uma delas metia o nome de Luís Figo ao barulho.

“Na altura em que estávamos juntos no Manchester United, a equipa tinha jogadores que falavam espanhol, casos do Quinton Fortune, que é sul-africano, e do uruguaio Diego Forlán.

Os dois foram importantíssimos na nossa adaptação ao United porque sabiam como funcionavam as regras.

Tínhamos uma brincadeira com o Fortune e o Forlán que o Ronaldo não gostava muito. Dizíamos ao Ronaldo ‘o Figo é melhor do que tu’. O Ronaldo não gostava. Quando o Figo marcava um golo ou fazia uma jogada mais vistosa, ainda fazíamos pior“, contou entre risos.

Veja também: FOTOS: Ronaldo orgulhoso de mais um prémio para Cristianinho

Mas no relvado a conversa era outra e o antigo médio desde cedo percebeu o talento de Ronaldo.

No primeiro treino em campo, era claro que ele ia estourar. Ele tinha 18 anos e uma qualidade técnica e uma criatividade incríveis.

Ainda mais no futebol inglês, que não tinha tantos jogadores como ele. Dava para perceber facilmente que poderia dar tudo certo no United”, referiu.

Veja também: VÍDEO: Jorge Jesus eleito o Melhor Treinador do Brasileirão

A faceta de vaidoso do astro português já era evidente nessa altura.

Ele tinha um espelho no cacifo do balneário e estava sempre a olhar-se“, atirou.

Veja também: VÍDEO: A fantástica coletiva que deu no golo de Ronaldo no Lazio-Juventus

Atualmente com 40 anos, Kleberson recorda com carinho a amizade que desenvolveu com Ronaldo.

“Não tínhamos uma diferença de idades tão grande e o primeiro contacto foi sensacional, porque conversávamos mais por causa do idioma e tínhamos aulas de inglês juntos.

Além disso ficámos ainda mais amigos porque as nossas famílias se tornaram próximas. Fazíamos jantares e churrascos juntos. Um ajudava o outro no começo“, concluiu.

Veja também: VÍDEO: Ronaldo marca mas Juventus falha assalto à liderança

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR