Revista Der Spiegel responde ao comunicado do advogado de Ronaldo

A revista alemã Der Spiegel, que publicou os documentos que relatam a alegada violação perpetrada por Cristiano Ronaldo a Kathryn Mayorga, veio a público responder ao comunicado divulgado ontem por Peter S. Christiansen, advogado do português.

Ao contrário do que diz o referido comunicado, a publicação germânica garante que os documentos são verdadeiros.

Não temos razão nenhuma para acreditar que estes documentos não são autênticos. Analisámos meticulosamente todos os documentos e os mesmos foram legalmente revistos“, refere a Der Spiegel em comunicado.

Recorde-se que em comunicado, Christiansen esclareceu que os documentos que chegaram às mãos da Der Spiegel foram falsificados por um hacker. Suspeita-se agora que seja Rui Pinto, o pirata informático que esteve por trás da divulgação dos emails do Benfica, também tenha tido mão neste caso.

Um meio de comunicação acabou irresponsavelmente por publicar alguns dos documentos roubados, partes significativas dos quais foram alteradas e/ou completamente fabricadas. Uma vez mais, para que não haja dúvidas, a posição de Cristiano Ronaldo sempre foi, e continua a ser, a de que o que aconteceu em 2009 em Las Vegas foi completamente consensual”.

Veja também:

ÚLTIMA HORA: Comunicado arrasador do advogado de Ronaldo sobre o caso da violação

ÚLTIMA HORA: Garantia importante da polícia norte-americana sobre Ronaldo no caso da violação

Real Madrid usa caso de violação para acabar com a carreira de Ronaldo

A traição chocante que levou Ronaldo a abandonar o Real Madrid

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR