Ronaldo teve de deixar o seu Lamborghini no meio da rua

No último domingo, Cristiano Ronaldo foi obrigado a abandonar o seu Lamborguini Aventador numa rua em Navacerrada. O craque português estava a conduzir a sua potente máquina, acompanhado pela sua namorada Georgina Rodríguez, quando as dores no pulso da sua mão direita começaram a fazer-se sentir.

As dores eram tão fortes que o impediram de conduzir, segundo informa o site espanhol Informalia. Assim Ronaldo teve de deixar o seu potente veículo no meio da rua e chamar a polícia espanhola. 45 minutos depois de ter contactado as autoridades, chegaram os serviços que iriam remover o veículo do meio da rua, com recurso a uma grua. O goleador luso e a namorada deixaram o local de ambulância, onde o jogador terá recebido assistência perante as dores que sentia.

Uma lesão que surgiu durante a partida de sábado com o Celta de Vigo. Ossos do ofício. Depois surgem as notícias que colocam em causa o jogador, que mesmo lesionado colocasse ao dispor da equipa. Amanhã vai ser mais um jogo para Ronaldo, e ele não vai virar a cara à luta.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR