Ronaldo salva Real Madrid do escândalo no último minuto

O Real Madrid assegurou um lugar nas meias-finais da Liga dos Campeões, apesar da derrota por 1-3. A Juventus chegou a empatar a eliminatória, mas uma grande penalidade no último minuto concretizado por Cristiano Ronaldo, salvou os merengues do escândalo semelhante ao do Barcelona.

Os bianconeri inauguraram o marcador logo aos dois minutos por Mandzukic. Lance desenhado por Douglas Costa que lança Khedira sobre adireita que, sem oposição, cruzou para o segundo poste onde surgiu Mandzukic a cabecear.

 

O croata bisava na partida aos 37 minutos. Khedira abre na direita para Lichtsteiner que cruza para o segundo poste onde volta a aparecer Mandzuikic, nas costas de Carvajal, a cabecear para golo.

 

A Juventus empatava a eliminatória aos 61 minutos por Matuidi. Cruzamento longo de Douglas Costa, Navas tenta segurar, mas deixa escapar a bola por entre os braços. Matuidi ia a passar, leva a bola e, já em desequilíbrio, atirou, com o pé esquerdo, para a baliza vazia.

Aos 90+7 Cristiano Ronaldo marcou o golo que iria garantir o apuramento do Real Madrid e evitar o escândalo, através de uma grande penalidade polémica, a castigar uma alegada falta de Benatia sobre Lucas Vázquez. Nos protestos Gianluigi Buffon acabou por ser expulso, o que manchou o seu ultimo jogo na Champions.
Este foi o 120º golo de Ronaldo na Liga dos Campeões, o 15º esta temporada, naquele que foi o seu jogo 150 na competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR