Ronaldo sobre Messi: “Ronaldo é Ronaldo e Messi é Messi”

Cristiano Ronaldo concedeu uma entrevista ao jornal chinês Dongqiudi, depois de ter sido distinguido pela mesma publicação como o jogador mais valioso do mundo. O nome de Lionel Messi veio à baila e o craque português manifestou uma vez mais o seu respeito pelo jogador do Barcelona. Ronaldo referiu ainda que vê com normalidade as comparações entre ambos, salientando que nem os filhos escapam a essas comparações.

Messi tenta fazer o melhor para a sua equipa e eu para a minha. Somos rivais porque jogamos em clubes diferentes, mas quando estamos juntos temos respeito mutuo. Tenho uma relação normal com ele. Estamos sempre a ser comparados, mas é normal. Até já compararam os nossos filhos quando nasceram, na escola quem é o mais rápido… Faz parte do negócio, mas acho que não podes comparar coisas. Cristiano é Cristiano e Messi é Messi. Somos os dois grandes jogadores, os títulos individuais e coletivos provam isso mesmo. A comparação? Não gosto de comparar e essa palavra não existe para mim. Somos diferentes, duas pessoas a fazerem o seu trabalho e nada mais“, afirmou.

O internacional português abordou o final da sua carreira. Ronaldo voltou a reiterar a vontade de jogar até aos 41 anos, salientando que a cabeça é mais importante do que o corpo.

“Quando assinei o meu novo contrato com o Real Madrid disse em conferência de imprensa que não seria o meu último contrato com o clube, porque queria jogar até aos 41 anos. Estava a falar a sério e ao mesmo tempo estava a brincar. No futebol não podes garantir nada. Se estou em boa condição física, se não tenho lesões e continuar motivado, continuarei até aos 35, 36, 37, 41, 45… não sei. Tudo depende da tua mente. E espero que a cada ano encontre a motivação para jogar futebol, porque é a minha paixão e o que amo fazer”, referiu.

O cargo de treinador é que parece não fascinar Ronaldo.

Seria duro ser treinador. Acho que não. Hoje digo que não. Mas a mentalidade muda, não sei se no futuro terei o mesmo pensamento. Agora concentro-me apenas na minha carreira de jogador”, concluiu.

E hoje mesmo o Real Madrid precisa de um Ronaldo na melhor forma para dar a volta à derrota por 1-2 da 1ª mão dos oitavos-de-final da Taça do Rei com o Celta de Vigo. Um jogo transmitido na Sport TV 2, a partir das 20h15.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR