Conheça como seria uma possível seleção da Catalunha

No mesmo dia em que o presidente da Generalitat, Carles Puigdemont, anunciou a declaração unilateral de independência (com efeito suspensivo) da região espanhola, muitas seleções (Portugal incluído) decidiram o apuramento para o Mundial de 2018.

Esta coincidência de datas, leva-nos a pensar como seria uma possível seleção da Catalunha e se esta conseguiria um apuramento para uma fase final.

É de salientar, que seis dos 23 jogadores que a Espanha levou ao último Campeonato da Europa, disputado em França, são catalães.

O vice-presidente da plataforma pró-seleções catalãs não tem dúvidas “Temos nível desportivo para conseguirmos a qualificação e até chegarmos longe numa fase final. Vejam a Islândia, um país com pouco mais de 300 mil habitantes, que se acaba de apurar… Nós somos 7,5 milhões, temos excelente formação e tradição futebolística. A coluna vertebral da Espanha campeã mundial e europeia foi o FC Barcelona, o estilo de jogo criado por Pep Guardiola e os jogadores formados em La Masía.”

Apesar de estar impedida de jogar em datas FIFA, todos os anos a Catalunha, realiza um jogo de quadra natalícia.
O último particular realizado foi com a Tunísia num jogo que acabou com um empate por 3-3.

Caso a seleção catalã atual fosse oficializada membro da FIFA contaria provavelmente com Gerard Piqué, recentemente protagonista de polémica, que o levou a ser assobiado e insultado por adeptos nos treinos e jogos pela Seleção Espanhola.

Apenas mencionando alguns jogadores, podemos observar que caso esta região autónoma se torne independente todos estes jogadores poderiam optar por representar a Catalunha:

Kiko Casilla (Real Madrid), Montoya (Valência), Piqué (Barcelona), Bartra (Dortmund), Jordi Alba (Barcelona), Sérgio Busquets (Barcelona), Fàbregas (Chelsea), Sergi Roberto (Barcelona), Deulofeu (Barcelona), Keita Baldé (Mónaco) e Gerard Moreno (Espanyol).

Constituíndo assim um 11 que faria inveja a muitas seleções, faltaria saber se teria qualidade para se bater com as seleções mais fortes e disputar títulos.
Será brevemente a seleção da Catalunha uma realidade?

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR