“Substituíram Ronaldo por Mariano… Está tudo dito”

Ramón Calderón, antigo presidente do Real Madrid, considera que a aposta em Mariano Díaz – resgatado ao Lyon – para colmatar a saída de Cristiano Ronaldo é sintomática do desgoverno do clube merengue no que à política de contratações diz respeito.

“Nota-se a ausência de Ronaldo. Quando uma empresa tem bons resultados, os funcionários esperam que voluntariamente melhorem as suas condições, ou então pedem. Não escutaram Cristiano e lia todos os dias na imprensa que iam pagar 350 milhões a um jogador [Neymar] e a ele queriam dar 50 milhões. O presidente cometeu um erro”, avaliou.

Aos olhos de Ramón Calderón, o atual presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, é bom… a fazer estradas. Já a construir plantéis, deixa muito a desejar.

“No Real Madrid as contratações são feitas por capricho, por impulso, não há um diretor desportivo. Neste clube o presidente é o único responsável pelo lado desportivo. E ele é um engenheiro, sabe como construir pontes, túneis e estradas, mas construir uma equipa de futebol é algo completamente diferente”, sustentou, concluindo: “Substituíram Ronaldo por Mariano, está tudo dito”

Veja também:

Dani Alves deixa farpa a português da Juventus e não é Ronaldo

Mourinho rendido a 2 jogadores da Juventus: “Deviam dar aulas em Harvard”

Quintino Aires arrasa Mayorga e atira: “Afinal era ela uma prostituta. Ronaldo sofreu o horror da violação”

Comunicado arrasador do advogado de Ronaldo sobre o caso da violação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR