VÍDEO: O piscar de olho de Ronaldo a Rooney que enfureceu os ingleses

Cristiano Ronaldo deu o seu testemunho sobre Wayne Rooney, jogador com quem partilhou o balneário no Manchester United e que se prepara para lançar um documentário, Wayne Rooney: The Man Behind The Goal, sobre a sua carreira.

O internacional português teceu rasgados elogios ao inglês, destacando o seu lado aguerrido como jogador e a boa pessoa que era.

A força de Rooney é a sua mentalidade. Nunca desiste, está sempre a correr e é um jogador de equipa fantástico. Marcou golos muito importantes. Era o puto de Inglaterra, todos gostavam dele porque é uma pessoa fantástica e um grande jogador“, afirmou.

Ronaldo não tem dúvidas em definir a mentalidade de Rooney como o seu ponto mais forte e revelou a alcunha com que tratava o antigo companheiro de ataque.

Entre colegas de equipa costumava referir-me a Rooney como o Pitbull. Lembro-me que era muito poderoso na recuperação de bola, muito forte, e fazia remates incríveis. Marcou muitos golos“, referiu.

Um dos momentos mais difíceis aconteceu no Euro 2004, no Portugal-Inglaterra. Wayne Rooney acabaria por ser expulso e nesse momento Ronaldo pisca o olho, com os ingleses a acusarem o português de ter sido o responsável pela sua expulsão. O internacional português reconheceu que foi um momento difícil, mas garantiu que em nada beliscou a sua relação com o inglês.

Criaram um grande drama que não existia. Estava com algum receio, não por causa de Rooney, mas pelos adeptos ingleses. Mas não me arrependo. Quando jogas pelo teu país defendes as tuas cores.

Fizeram uma grande história à volta do piscar de olhos, mas não foi por causa da expulsão do Rooney, foi outra situação. Mas já é passado, tive uma conversa com ele, continuámos amigos. Ele entendeu o meu ponto de vista. Foi difícil para mim, porque achava que seria assobiado nos estádios ingleses. Mas correu bem.

Alex Ferguson falou comigo e tranquilizou-me. Ele disse-me que os ingleses são educados. No início iriam falar mas depois iriam esquecer.

Rooney também me ajudou em todas as circunstâncias. Disse-me ‘Cristiano isto é passado. Vamos falar sobre o presente, vamos ganhar troféus, vamos jogar juntos como antes’“, referiu.

O craque português até tem saudades de jogar com o inglês, que agora atua nos EUA, ao serviço do DC United.

Sinto saudades de jogar com ele. Ninguém sabe o futuro. Talvez um dia possamos jogar juntos outra vez“, referiu.

Veja no vídeo abaixo a entrevista completa.

Veja também:

VÍDEO: Ronaldo nada egoísta oferece golo a colega em nova vitória da Juventus

Ronaldo deixa mensagem a Messi e um aviso aos seus haters

ÚLTIMA HORA: Comunicado arrasador do advogado de Ronaldo sobre o caso da violação

ÚLTIMA HORA: Jesus regressa ao Benfica já em janeiro

“Ronaldo não me obrigou a ir para o hotel. Fui pelo meu próprio pé”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR