Wenger deixa um conselho a Ronaldo

O treinador do Arsenal Arséne Wenger deixou um conselho a Cristiano Ronaldo. Para o técnico francês a obsessão de Ronaldo em tentar alcançar prémios individuais, entre eles a Bola de Ouro, e ultrapassar o astro argentino do Barcelona Lionel Messi pode arruinar a carreira do avançado do Real Madrid

“O jogo moderno é muito sobre individualismos. Sou contra a Bola de Ouro e todas essas coisas. Encoraja as pessoas dentro do jogo a trabalhar mais para o seu próprio ganho. Já vi carreiras destruídas porque os jogadores eram muito obcecados por recompensas individuais. Podes ser o número 1 do mundo em março e o 250 em maio. O desporto está sempre em movimento. O desporto está sempre em movimento, sempre a mudar”, atirou o técnico dos gunners.

Instado a escolher entre Cristiano Ronaldo e Messi para melhor do mundo, o treinador francês recusou-se a fazê-lo.

“Ele [Cristiano Ronaldo] é o melhor jogador do mundo com Messi. Messi tem uma pequena vantagem nas assistências. Mas eu não escolheria ninguém porque neste momento não é problema meu”, concluiu

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR