Balneário revoltado e treino cancelado após críticas de Bruno de Carvalho

As palavras de Bruno de Caralho após a derrota do Sporting com o Atlético de Madrid na Liga Europa caiu mal entre os jogadores. Segundo adianta o Correio da Manhã, os futebolistas recusaram-se a treinar como forma de protesto e assim o treino foi cancelado.

Os jogadores leoninos exigiram a presença de Bruno de Carvalho na Academia de Alcochete, dando o prazo até às 13h00. No entanto o presidente do Sporting não compareceu, tendo comparecido na Procuradoria-Geral da República.

Jorge Jesus, que esteve reunido com os jogadores, acabou por mandá-los para casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *