Benfica deixa de enviar cartilha por email aos seus comentadores

Segundo adianta o Correio da Manhã, o Benfica continua a distribuir a sua cartilha entre os seus comentadores. No entanto evitam fazê-lo por email, optando por entregar em mão a cada um dos comentadores.

O objetivo passa por esconder o seu conteúdo e proteger a identidade do criador do documento.

Ainda assim, para todos os que recebem o “Boletim Informativo” através do e-mail, o remetente é feito através de uma conta própria que se destina apenas a fazer a distribuição dos documentos.

A mesma publicação teve acesso à cartilha relativa a 1 de março, em que ao longo da maioria das doze páginas do documento se foca em ataques ao FC Porto. O rival Sporting tem direito a três páginas, onde se focam em dar conta de que os leões pretendem influenciar a arbitragem, ao contratarem Hernâni Fernandes.

“César Boaventura, direta ou indiretamente, é referido em quase duas dezenas de ocasiões, e é dito que é ‘obrigatório’ que o empresário seja chamado a prestar declarações ao Ministério Público e à Polícia Judiciária.

Temos de continuar a alimentar e até aumentar a divulgação pública destas denúncias‘ e ‘temos de manter estas incriminações na ordem do dia, bem vivas, até ser aberto o respetivo processo judicial‘ são dois dos exemplos.

O Sporting tem direito a quase três páginas e o foco é uma ligação entre a expulsão de Gelson no jogo com o Moreirense e a contratação de Hernâni Fernandes, referindo que se o ex-árbitro auxiliar não ensinou os jogadores a evitar punições disciplinares é porque foi ‘contratado para outro tipo de serviços’.

A cartilha conclui assim que o Sporting ‘contrata ex-árbitros’ com o objetivo de ‘influenciar as arbitragens’“, refere o Correio da Manhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *