Bruno de Carvalho para os adeptos: “Vão chamar nomes às pessoas das famílias deles”

Bruno de Carvalho foi à sala de imprensa e abordou a contestação de que foi alvo no Sporting-P. Ferreira, frisando que caso os adeptos queiram, podem pedir a sua demissão em Assembleia Geral, mas que não sairá por sua iniciativa. Ao mesmo tempo, garantiu que não se importa com a contestação, mas sim com ofensas de que foi alvo.

Fiquei vacinado com os assobios na altura do Marco Silva mas o que não é admissível é adjetivarem-me. Se querem a minha demissão, há sítio próprio. A ingratidão para mim é como música. Quem me chamou o que chamou… chamem nomes às pessoas das família deles; assobios tudo bem, à hora que quiserem. As pessoas são livres de serem ingratas“, começou por dizer o presidente leonino no auditório Artur Agostinho.

O presidente do Sporting falou ainda da situação de Fábio Coentrão, que foi associado a uma possível cessação do empréstimo e respetiva devolução ao Real Madrid.

Igual aos outros. É fim de semana e existe uma pessoa da administração que não está cá. Temos de falar sobre esses assuntos. Estão todos na mesma situação, com processo, jogaram, ganharam. Durmo de consciência tranquila, tudo o que está ali representa a verdade. De há um mês para cá luto com várias doenças ao mesmo tempo, tenho estado ao lado da mulher. Têm sido momentos difíceis para a minha família mas temos superado. Foi um fim de semana estragado, sem nenhum sentido, altamente despropositado. Uma tentativa de colocar os sportinguistas contra mim“, referiu.

Questionado sobre se iria reunir-se com os jogadores, Bruno de Carvalho respondeu:

“Eles estão a fazer o seu trabalho, a jogar, é fazer o trabalho para que foram pagos. E eu tenho que gerir. Se não continuarem a alimentar a comunicação social com fontes anónimas, o assunto morreu“.

Por último quando questionado sobre as culpas em toda esta situação, o líder leonino referiu:

Principal culpado de tudo serei sempre eu, mas não sou falso nem hipócrita. Nunca enjeitarei a minha responsabilidade“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR