Bruno de Carvalho diz que Benfica está falido

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, voltou a falar do Benfica. Na sua página de Facebook, o líder leonino referiu que o rival está falido e que tudo tem sido feito para mascarar essa realidade. Bruno de Carvalho colocou duas notícias que indicam de forma distinta a forma como se processou os negócios dos jogadores sérvios Saponjic e Jovic. O presidente do Sporting também disparou contra João Gabriel.

Veja a mensagem de Bruno de Carvalho na íntegra:

“Decidi esperar para poder ser refletido o conteúdo do meu post de Domingo (em anexo).

É agora altura de explicar mais um pouco sobre a palavra “duvidoso” acrescentando uma vertente de “cegueira” colectiva.

Domingo expliquei o significado de “duvidoso”, comprovando-se na íntegra como foi fulcral as 120h de descanso e que com apenas um cartão amarelo visto continuam de forma “duvidosa” a deter os recordes, em 30 jogos, de menos cartões amarelos (61), vermelhos (0) e pénaltis contra (0/1 de “mentira”), que tanto jeito dão num campeonato disputado ao ponto.

Hoje junto 2 exemplos de como, de forma “duvidosa” se tenta esconder que um clube está “falido” passando um atestado de “cegueira” aos seus adeptos e restante mundo desportivo.

1. Domingo no DN

“LUISÃO, PIZZI E GAITÁN ENTRE 11 JOGADORES COM PASSES EM PENHOR

Benfica pagou mais de 9,5 milhões por dois jovens sérvios e “deu” 11 jogadores como garantia em empréstimos bancários

O Benfica pagou mais de 9,5 milhões de euros pelos jovens avançados sérvios Ivan Saponjic e Luka Jovic, que rumaram à Luz no último defeso.

A revelação foi feita no prospeto de subscrição de obrigações da SAD encarnada, lançado no valor de 50 milhões de euros. Luka Jovic, que já teve alguns minutos na equipa principal, custou 6,583 milhões de euros. Já Ivan Saponjic custou três milhões de euros.

Os dois avançados custaram, no total, 9,583 milhões de euros, e o prospeto revela que o investimento total em jogadores, desde 31 de dezembro de 2015, ascendeu a 12,068 milhões de euros.

O mesmo documento revela que o Benfica tem os passes de 11 jogadores dados em penhor para garantia de empréstimos bancários. Três deles estão emprestados a outros clubes – César, Cristante e Djuricic. Os restantes estão às ordens de Rui Vitória: André Almeida, Talisca, Luisão, Carcela, Fejsa, Gaitán, Lisandro López e Pizzi.”

2. Domingo online no DesportoAoMinuto por Ruben Valente

“VENDIDOS POR 41 MILHÕES, AFINAL QUANTO RENDERAM MARKOVIC E OBLAK

Benfica enviou à CMVM alguns valores relativos a negócios efectuados em temporadas passadas.

Num prospecto que o Benfica fez chegar à CMVM é possível verificar alguns valores de negócios que envolvem jogadores do Benfica. Entre eles estão Franco Cervi, Pizzi, Raúl Jiménez, Oblak e Markovic.

Os últimos dois talvez despertem mais curiosidade, porque o valor a que foram vendidos não corresponde, na verdade, àquele que o Benfica recebeu pelos passes de Oblak e de Markovic.

O documento informa que o guarda-redes esloveno que foi vendido ao Atlético Madrid por 16 milhões de euros rendeu… 9,5 milhões aos cofres ‘encarnados’. Já Markovic, que foi vendido ao Liverpool por 25 milhões de euros, deu a ganhar ao Benfica cerca de 6,8 milhões.

O mesmo prospeto divulga também que o clube da Luz pagou por Franco Cervi 5,6 milhões de euros por 90% do passe, que Pizzi foi comprado na totalidade por cerca de 14 milhões de euros e que 50% do passe de Raúl Jiménez custou 9,8 milhões.”

Nota: É tão fácil dizermos umas graças no Twitter para tentar continuar a enganar quem já está embalado pela propaganda concertada. Tudo serve para tentar ganhar a qualquer custo e (e aqui reside a verdadeira questão) “esconder” a verdade do que se está a passar no clube.”

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR