Bruno de Carvalho suspende jogadores e chama-os de meninos amuados

Bruno de Carvalho respondeu aos jogadores do Sporting, que se revoltaram pelas críticas do presidente, após a derrota com o Atlético de Madrid. O líder leonino anunciou a suspensão dos jogadores e apelidou-os de meninos amuados.

Veja a mensagem na íntegra:

“MENINOS AMUADOS, ENTÃO VAMOS RESOLVER…

No Sporting CP não se vive na República das Bananas.

Todos os atletas que escreveram o que em baixo descrevo estão imediatamente suspensos, tendo de enfrentar a disciplina do Clube.

Já estou farto de atitudes de miúdos mimados que não respeitam nada nem ninguém, como por exemplo os adeptos relativos aos quais já ouvi comentários do mais baixo possível.

Estas crianças mimadas julgam que vão longe, mas desta vez a minha paciência esgotou-se para quem acha que está acima do Clube e de qualquer critica. Começam com Somos Sporting e que não existe um Eu mas um Nós, sendo que isso não passa de mera fantasia pois na realidade não o são. São profissionais rotativos e que o que lhes interessa não é o Eu ou o Nós. Só lhe interessa o Eles.

Texto dos atletas:

‘Somos Sporting’, começa por dizer o jogador. ‘Suamos, lutamos e honramos sempre a camisola que vestimos. Não somos perfeitos e não acreditamos em jogadores perfeitos, porque queremos sempre evoluir!’, pode ler-se na publicação.

Assumindo coletivamente a responsabilidade pelas derrotas, vitórias e empates, o capitão recorda que ‘não podemos pensar apenas no ‘Eu’, mas sim ‘Nós’ e sempre na equipa, porque só assim poderemos vencer’.

E depois concretiza a crítica:

‘Por esta razão, em nome de todo o plantel do SCP, espelhamos neste texto o nosso desagrado, por vir a publico as declarações do nosso Presidente, após o jogo de ontem, no qual obtivemos um resultado que não queríamos… a ausência de apoio, neste momento…, daquele que deveria ser o nosso líder. Apontar o dedo para culpabilizar o desempenho dos atletas publicamente, quando a união de um grupo se rege pelo esforço conjunto, seja qual for a situação que estejamos a passar, todos os assuntos resolvem-se dentro do grupo.'”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *