Duras críticas de Conceição ao P. Ferreira após derrota do FC Porto

Após o final da partida entre o P. Ferreira e o FC Porto, que registou a primeira derrota dos dragões esta temporada na liga, Sérgio Conceição deixou duras críticas à postura dos pacenses ao longo da partida. O técnico dos dragões considera que o adversário passou o jogo a promover o anti-jogo.

Jogar aqui com estas condições, com muito vento, chuva, difícil de jogar. Podíamos ter feito mais na primeira meia hora, mas depois não houve mais jogo. Estou desiludido com isso. Constantemente anti-jogo, paragens constantes, 30, 40 segundos para que a bola fosse reposta em jogo. Não sei se é estratégia. Sinceramente estou desiludido por isto. Foi incrível. Não me lembro de estar presente num jogo assim. Imagino o espetador em casa. Não se jogou. Gostava de saber o tempo útil de jogo. Não houve mais”, afirmou.

Apesar dos sete minutos concedidos por Bruno Paixão no período de descontos, Conceição considerou esse tempo insuficiente para fazer face às constantes interrupções que se registaram na partida.

Sim. Não se jogou, praticamente. Vocês viram, não estou a dizer coisas… Se podíamos ter feito mais? Também é verdade. Falhámos um penálti, falhámos ocasiões que normalmente não falhámos. Mas foi um jogo incrível. Nesta parte final valeu tudo para se atingir o pontinho e aquilo que o Paços conseguiu, os 3. Vamos ver esta semana. Vamos tentar ver o que esteve mal e quem esteve mal foi o treinador do FC Porto, que assume sempre as suas responsabilidades”, referiu.

Conceição foi convidado a comentar a ausência de Herrera e a prestação do meio-campo portista.

Fiquei desagradado com o geral, não foi só com o meio-campo, mas também com toda a dinâmica da equipa. Primeiro pelas condições que tivemos, depois por alguma apatia no início de jogo, mas também o pouco tempo útil de jogo. Vocês sabem que somos uma equipa que gosta de jogar com intensidade, que gosta de ter um ritmo alto. Mas estrategicamente a outra equipa não quis, não jogou. Pura e simplesmente isso”, concluiu.

Desta vez Conceição preferiu não revelar o que disse na habitual roda com os jogadores no final da partida e assumiu a pretensão de dar a resposta no próximo jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR