FC Porto emite comunicado contra o Benfica por causa de Brahimi

O FC Porto emitiu um comunicado a condenar oficialmente a decisão do Conselho de Disciplina da FPF de instaurar um processo disciplinar a Yacine Brahimi, na sequência dos acontecimentos do jogo com o Chaves.

Os dragões acusam ainda o CD de assumir uma postura favorável aos desejos do Benfica e não uma postura neutra.

“1 – O Futebol Clube do Porto lamenta profundamente que o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol tenha aberto Processo Disciplinar ao nosso atleta Yacine Brahimi.

2 – Esta manifestação do Conselho de Disciplina, contrária à perspetiva da Comissão de Instrutores da Liga, parece surgir em linha com a denúncia pública do Sport Lisboa e Benfica, a qual assenta numa dupla negação da realidade, construída em cima de uma verdade alternativa, a de que o nosso atleta não foi punido com cartão vermelho porque o árbitro e o VAR não viram.
3 – O facto de o Conselho de Disciplina aceitar estes pressupostos depois de o seu Presidente ter dito publicamente que nunca seria um terceiro VAR do Futebol Português atesta bem que as posições do Sport Lisboa e Benfica têm eco e coro em processos que deveriam ser neutros para a justiça desportiva.
4 – Resulta claro para todos (os que assistiram ao jogo e os que analisaram e comentaram em todas as televisões, à exceção da Benfica TV) que o árbitro seguiu o lance de muito perto, vendo necessariamente todos os episódios da interação do nosso jogador com o da equipa adversária. E outro tanto terá sucedido com o VAR, que, conforme todos sabemos, só poderia intervir caso descortinasse uma qualquer situação para exibição de cartão vermelho.
5 – De resto, a Comissão de Instrutores da Liga apreciou os factos da mesma forma que as equipas de arbitragem. De igual modo, especialistas de arbitragem, técnicos e comentadores desportivos que analisaram o lance em questão, entenderam consensualmente que, a ter ocorrido algo, não havia razão alguma para cartão vermelho, o que vem reforçar a ideia de que a abertura de um Processo Disciplinar resulta mais da guerra mediática que o Sport Lisboa e Benfica montou em torno da sua queixa, ainda que todos saibamos o contrassenso dos repetidos e apaixonados apelos à paz expressos pelo seu Presidente.
6 – Comprova-se assim que para o Sport Lisboa e Benfica defender a indústria do futebol não tem que ser necessariamente defender a verdade desportiva.
7 – Recordamos que o Sport Lisboa e Benfica x Futebol Clube do Porto se jogará já no primeiro fim de semana de outubro…
Porto, 17 de Agosto de 2018
O Conselho de Administração”.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR