Francisco J. Marques manda farpa ao Benfica e lembra Vale e Azevedo

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, voltou a deixar farpas ao Benfica, na sequência dos novos desenvolvimentos do caso E-Toupeira.

O Jornal de Notícias dá hoje conta de que duas dezenas de elementos ligados à arbitragem foram notificados pela Justiça acerca da espionagem levada a cabo por José Silva, que entregava as informações pessoais dos árbitros a Paulo Gonçalves. Estes podem vir a ser constituídos assistentes no processo E-Toupeira.

Repitam comigo, estes senhores que dirigem o Benfica usam todos os meios ilegais. E sabiam que estavam a cometer crimes. Estes e os que mais acabarão por ser públicos. Os benfiquistas têm de salvar o clube outra vez. O Vale e Azevedo afinal era um menino“, escreveu na sua conta da rede social Twitter.

Veja também:

Conceição convidou Rui Vitória para jantar e a resposta não foi a melhor

Sérgio Conceição felicita o filho pela conquista do título pelo Benfica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR