Gomes da Silva questiona o pagamento da dívida do FC Porto ao Estoril

Rui Gomes da Silva comentou no seu blog Nova Geração Benfica a dívida de 784 mil euros que o FC Porto saldou junto do Estoril. O comentador afeto aos encarnados questionou o facto de o pagamento ter sido feito antes da 2ª parte disputada entre as duas equipas a 21 de fevereiro e pediu que o mesmo seja investigado por parte das autoridades competentes.

“O Porto pagou uma dívida de 5 anos – que já não tinha – no intervalo de um jogo que tinha (que ganhar)!

Evandro, Licá e Carlos Eduardo foram transferidos para o Porto em 13/14 e em 14/15. A 30/6/16 e a 30/6/17, a Porto SAD não tinha qualquer dívida para com o Estoril.

Pois no R&C [Relatório e contas] do 1° semestre desta época (17/18) volta a aparecer uma dívida ao Estoril, pela compra daqueles jogadores. É a chamada dívida ioiô! Paga no intervalo de um jogo.

O pagamento ao Estoril começou por ser negado, depois ridicularizado, para no fim, ser assumido de modo envergonhado. Mera coincidência” de um serviço … pago muito tempo depois … em dobro … ou antes do seu fornecimento?

É isso que temos de pedir que se investigue até à exaustão: o pagamento de 784 mil euros ao Estoril em vésperas da 2a parte do dito jogo! E como se isso não bastasse, pelo meio, … os “maus pagadores” ainda obtiveram um bónus… um golo em fora de jogo“, escreveu.

Rui Gomes da Silva deixou ainda uma questão final: “Como querem que eu esqueça o Apito Dourado?”, escreveu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *