Jesus diz que os jogadores do Benfica tinham medo de o cumprimentar

Em entrevista à SIC, Jorge Jesus fez uma pequena antevisão daquilo que poderá ser o Benfica-Sporting do próximo fim-de-semana.

Para o técnico do Al-Hilal, os leões já equilibrou com os encarnados em termos psicológicos nestas partidas.

“Há sempre uma percentagem maior para quem joga em casa, mas não há favoritos, até porque agora o Sporting já não está habituado a perder com o Benfica. Antes estava, mas agora já não. Nos três anos em que lá estive ganhámos um ano por 3-0, perdemos outro e empatámos na última época. Aqueles jogadores já vão à Luz com uma confiança completamente diferente“, afirmou.

Jesus considera que os acontecimentos da invasão de Alcochete não servem de desculpa para um eventual mau resultado.

O Sousa Cintra fez um trabalho espetacular e conseguiu juntar a maioria dos jogadores que saíram, tirando o William, o Gelson e o Rui Patrício, mas os outros titulares estão lá. Não será por aí que possa haver desculpas“, referiu.

O técnico português revelou ainda que mantém uma boa relação com Vieira e os jogadores que orientou no Benfica, apesar da sua polémica mudança para Alvalade.

“Isso já passou, foi só o primeiro ano. Até os jogadores do Benfica tinham algum medo de cumprimentar no relvado, mas depois no segundo e terceiro ano já não foi assim“, revelou.

O treinador já garantiu uma Supertaça pela equipa da Arábia Saudita e destacou o “respeito entre todos”, algo que Jesus gostaria de “ver em Portugal, entre os adeptos de Benfica, Sporting e Porto”.

Veja também:

PSG avança com 40 milhões por internacional português

Manchester City disposto a perder a cabeça por um jogador português

VÍDEO: A exibição de Gelson que deixou os espanhóis rendidos

Ronaldo: “O que fiz em Madrid foi incrível, ganhei tudo mas…”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR