Jesus terá provas de que invasão foi encomendada por Bruno de Carvalho

O jornal Público avança com novas informações relativamente à invasão por parte de alguns adeptos do Sporting à Academia de Alcochete. Segundo a mesma publicação, Jorge Jesus acredita que esta invasão terá sido orquestrada e encomendada por Bruno de Carvalho e tem na sua posse provas disso.

Jesus terá provas de contactos entre o presidente leonino e os líderes da Juve Leo, nas quais autoriza um aperto por parte destes indivíduos à equipa. O Público refere que estes contactos terão acontecido a 6 de abril, um dia após a derrota do Sporting diante do Atlético de Madrid na Liga Europa.

O técnico do Sporting deverá utilizar estas provas, caso não consiga obter a desejada rescisão de contrato, algo que pretende ver resolvido e formalizado na próxima 4ª feira.

Se Bruno de Carvalho não facilitar a saída, o treinador irá acrescentar ao depoimento que já fez na polícia, após os incidentes na Academia do clube, na terça-feira, um conjunto de dados de que teve conhecimento nos últimos dias e que considera relevantes para o que aconteceu em Alcochete.

Veja também:

ÚLTIMA HORA: Comunicado de Bas Dost após agressões em Alcochete

Agressões: as palavras de Bruno Fernandes que soam a despedida

Hipótese de saída: Família de Bruno Fernandes já deixou Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *