Mário Machado: “Queremos ‘desgangsterizar’ a Juve Leo”

Mário Machado deu uma conferência de imprensa onde confirmou a sua intenção de se candidatar à liderança da Juve Leo.

O antigo líder da Frente Nacional atirou-se a Mustafá, atual líder da claque, classificando-o como um “marginal” e incitador de “comportamentos persecutórios contra adeptos e equipa do Sporting”.

Queremos ‘desgangsterizar’ a Juventude Leonina“, disse, considerando “lamentável o que aconteceu em Alcochete” e pedindo que se encontrem os culpados.

Foi presa a arraia-miúda. Ainda falta o mandante, de dentro da claque, e também alguém que permitiu a entrada nas instalações.”

Relativamente ao período de crise instalado no Sporting, Machado apelou para a sua rápida resolução.

“Esperamos que a situação se resolva depressa. É preciso montar uma equipa e encontrar um treinador e estamos a ter muitas dificuldades. O campeonato está à porta e o Sporting tem de ser campeão no próximo ano. Este atraso e esta turbulência prejudica o clube”, referiu.

Por último manifestou a sua intenção de profissionalizar a claque.

A Juve Leo tem de ser uma associação transparente, em que as pessoas saibam para onde vai o dinheiro e que não o gaste em vícios“, concluiu.

Veja também:

Bruno de Carvalho avança com processo-crime contara Rui Patrício e Podence

Bruno de Carvalho não gostou da questão de um sócio e respondeu assim

ÚLTIMA HORA: Sporting ganha a corrida ao Benfica por ex-V. Guimarães

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *