Peseiro não abdica do salário de 1,6M€ e fala em traição de Varandas

Segundo adianta o diário desportivo Record, José Peseiro não pensa em abdicar do salário que iria receber, após a rescisão de contrato com o Sporting. O técnico leonino mostra-se muito desagradado com o facto de ter tido conhecimento da sua demissão pela comunicação social, sentindo-se traído por Frederico Varandas.

Peseiro tinha contrato de uma temporada, mais uma de opção, na qual auferia 1,6 milhões de euros brutos por ano.

Assim o antigo técnico leonino exige os salários dos restantes oito meses que constavam do seu contrato.

Recorde-se que quando assinou com o Sporting liderado por Sousa Cintra, o contrato de Peseiro contemplava uma cláusula em que não levantaria objeções caso o presidente eleito nas eleições de 8 de setembro optasse por prescindir dos seus serviços.

Veja também:

Figo escolheu entre Ronaldo e Ronaldo “O Fenómeno” e surpreendeu

Ronaldo deixa mensagem a Messi e um aviso aos seus haters

ÚLTIMA HORA: Comunicado arrasador do advogado de Ronaldo sobre o caso da violação

Ronaldo arrasa Florentino Pérez pela sua saída do Real Madrid

“Ronaldo não me obrigou a ir para o hotel. Fui pelo meu próprio pé”

Pai de Lopetegui fala do Real Madrid: “Roubaram 50 golos ao meu filho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR