Pinto da Costa arrasa Benfica no dia em que o Dragão faz 15 anos

Pinto da Costa concedeu uma grande entrevista ao Porto Canal, a propósito dos 15 anos do Estádio do Dragão.

O presidente do FC Porto recordou os muitos títulos que os azuis e brancos conquistaram após o 25 de Abril.

Depois do 25 de abril ganhámos 64 títulos: sete internacionais e 57 nacionais. É um número assinalável. Não é por acaso que nós no Museu temos o período obscuro até ao 25 abril e depois temos o período radioso da democracia“, afirmou.

Posteriormente passou ao ataque, apontando baterias ao rival Benfica.

Temos sete títulos internacionais desde o 25 abril e há um clube que no tempo do fascismo ganhou dois títulos europeus. Sabe porque é que, nessa altura, esse clube tinha a melhor equipa? Porque havia jogadores que vinham das colónias com destino ao Sporting e eram desviados para o Benfica. No tempo do fascismo era assim, mas hoje em dia já não. Felizmente temos sete títulos de democracia. Há outros que têm dois títulos de fascismo e outros de promessas. Esquecem-se é que a maldição do Bela Guttmann ainda não chegou aos 100 anos“, referiu.

Pinto da Costa manifestou ainda a sua confiança no aumento do palmarés internacional do FC Porto.

Em 1982, disse no meu programa eleitoral que tinha ambição de chegar a uma final europeia. O saudoso Armando Pimentel, quando viu o que eu tinha escrito, perguntou se não era arriscado. Ao fim de dois anos estávamos lá. Ao fim de três voltámos a estar e a vencer o Bayern Munique. E depois voltámos a ganhar em 2003, e em 2004, e em 2011. Estando eu aqui ou não, acredito que o FC Porto ainda possa vir a ganhar mais uma prova internacional“, vaticinou.

Por último o melhor golo no Dragão.

O melhor golo? O do Kelvin. O melhor jogo? Talvez tenha sido o 5-0 ao Benfica. O melhor momento? Acho que foi o golo do Kelvin, também, mas o final do ano passado também foi emocionante. É um dos momentos que recordo com mais emoção, com um jovem treinador, do qual todos desconfiavam, com um plantel que diziam que era mais limitado que os outros, aquela vitória, aquela volta final, aquela subida ao palco…Depois do primeiro campeonato, talvez tenha sido aquele que me deu mais satisfação e mais emoção“, concluiu.

Veja também:

ÚLTIMA HORA: Bruno de Carvalho ordenou o rapto de Bruma

VEJA AS IMAGENS: Rui Vitória de malas feitas para a sua nova mansão de luxo

ÚLTIMA HORA: Bola de Ouro – Péssimas notícias para Ronaldo

VEJA A IMAGEM: Jogador do Milan tira foto com Ronaldo e Chiellini mostra o que não queria

VÍDEO: Ronaldo foi ver ténis e acaba a “salvar” Georgina

VÍDEO: Mulher de Icardi provoca Ronaldo e deixa desafio à Juventus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR