PJ suspeita que existem mais duas toupeiras do Benfica

Segundo informa o Jornal de Notícias, a Polícia Judiciária suspeita da existência de mais duas toupeiras que terão estado infiltradas no sistema de justiça ao serviço do Benfica.

Uma auditoria do Instituto de Gestão financeira e Equipamentos de Justiça detetou acessos ao inquérito dos emails, no programa Citius, não só a partir de tribunais do distrito de Braga, de onde são dois oficiais de justiça suspeitos, mas também de tribunais na zona Centro do país“, refere o JN.

Recorde-se que foram detidos Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, e José Silva, funcionário judicial do IGFEJ, no âmbito deste processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR