Rui Patrício revela que Bruno de Carvalho demitiu Jorge Jesus

Na carta de rescisão que apresentou à administração do Sporting, Rui Patrício revela que Jorge Jesus foi demitido após a derrota da última jornada diante do Marítimo.

Antes da reunião com os jogadores, o presidente reuniu com a equipa técnica e informou-os que o Sporting não contaria mais com eles.

Ou seja, a 6 dias (…) da final da Taça de Portugal, o presidente entendeu que a melhor maneira de dar estabilidade ao grupo de trabalho para poder disputar esse jogo (…) até porque, a vitória nesse troféu seria a única maneira de conseguir o acesso direto à fase de grupos da Liga Europa, foi despedir a equipa técnica!“, refere o guardião na carta.

Patrício revela ainda que Bruno de Carvalho não transmitiu esta informação aos jogadores, tendo tido aquilo que considera ter sido “uma conversa estranha com os jogadores“.

O presidente leonino estava “calmo” e questionava os jogadores se estes estariam preparados para disputar a final da Taça de Portugal diante do Aves.

Também aí, o treino “foi antecipado de quarta para terça-feira”.

Veja também:

Carta de rescisão de Rui Patrício refere que temeu pela vida

Bruno de Carvalho acusa Jorge Mendes de se aproveitar de Rui Patrício

Bruno de Carvalho: “Rui Patrício e William já deviam ter saído do Sporting”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *