Sérgio Conceição lembra e elogia Lage na antes da final da Taça

Na conferência de imprensa de antevisão à final da Taça de Portugal entre Benfica e FC Porto, Sérgio Conceição abordou a preparação para a partida.

A preparação do jogo foi igual a todas as outras semanas que antecederam os jogos do campeonato, da Taça da Liga e das competições europeias. Não muda nada. Foi uma semana normal de trabalho, com muita ambição, determinação e confiança. Estamos prontos para um jogo importante no qual está em jogo um título“, afirmou.

Veja também: FOTOS: Depois do iate de luxo, Ronaldo já comprou um novo Bugatti

O FC Porto entra na final da Taça como campeão nacional, mas o técnico azul e branco recusa o rótulo de favorito.

“Com a experiência que tenho no mundo do futebol, acho que os dois jogos que fizemos contra o Benfica, por muito contentes que estejamos, fazem parte do passado. O que está à nossa frente é o jogo de amanhã. A estatística de que falava sobre como foram as taças que o Benfica ganhou não interfere na preparação para o jogo”, referiu.

Veja também: Bruno Lage pode substituir Sérgio Conceição no FC Porto

Do outro lado Conceição terá Nélson Veríssimo, um treinador mais inexperiente. No entanto o treinador dos dragões não vê vantagem e até lembra Bruno Lage.

O Bruno Lage também não tinha muita experiência quando entrou na equipa no ano passado e fez um bom trabalho. Isso não interfere muito porque o Veríssimo já é treinador há alguns anos. Muitos deles têm trajetos longos na formação onde se aprende muito. Não vejo que haja alguma vantagem nisso”, considerou.

Veja também: VÍDEO: Conheça o luxuoso iate que Ronaldo comprou por 5,6M€

Sobre o Benfica, Conceição diz que não sabe que tipo irá ter pela frente, pela imprevisibilidade que impõe.

Não faço ideia de qual foi o plano traçado pelo treinador do Benfica. Não posso controlar aquilo que é aquele lado estratégico. Controlamos o nosso trabalho e a nossa estratégia. O que adversário faz ou não depende daquilo que fizermos. Esta é uma final apaixonante porque é imprevisível. Não há favoritos para finais e quando estas finais são jogadas por dois clubes históricos“, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR