VÍDEO: Pinto da Costa arrasa o VAR e diz que o Benfica é favorecido

Pinto da Costa pronunciou-se sobre a arbitragem do Boavista-Benfica de ontem. Em causa está o lance do segundo golo dos encarnados, em que o presidente do FC Porto considera que o lance é precedido de falta.

Veja também: Irina Shayk-falou mãe do filho mais velho de Ronaldo

Pinto da Costa deixou duras críticas ao VAR, recordando outro jogo em que os dragões também foram prejudicados pela arbitragem.

“A Federação Portuguesa de Futebol, numa preocupação constante em melhorar o futebol, lançou o VAR com as melhores intenções. Com a certeza de que iria beneficiar com a verdade dos resultados. Há que louvar o esforço, mas na prática verifica-se que isso foi só para alguns. Sem entrar em juízos de valor, são factos.

No jogo com o Paços de Ferreira, o Otávio sofre penálti e o árbitro estava a metro e meio dele e não assinalou nada. O VAR tinha todas as condições para ver o jogo comodamente e não viu nada, não interveio.

Ontem foi a mesma coisa, mas com outros figurantes [Boavista-Benfica]. O favorecido foi o Benfica. O Senhor Jorge Sousa tinha obrigação de ver até porque é o número um do Conselho de Arbitragem. E a arbitragem vai mal se o número um não consegue ver aquela falta [no golo de Cervi]. Todos os críticos são unânimes e dizem que houve falta.

O VAR era o senhor Hélder Malheiro que no Vizela-Benfica teve más decisões em termos da amostragem de cartões. As cores dos cartões seriam diferentes com as cores de outro clube“, afirmou.

Veja também: Manuel José arrasa Lage o que ele fez não se faz a ninguém”

“Isso é que é preocupante. O VAR foi uma feliz iniciativa, mas se na prática as pessoas que lá estão não veem quando se trata de um lado, então as pessoas não têm condições para exercer essa função. Compete ter a coragem para expor as situações.

Já nas competições europeias temos sido prejudicados por não haver VAR, mas há lances difíceis para o árbitro assinalar e a ajuda da tecnologia é importante. Mas se for só para assinalar para um lado, o VAR não é preciso para nada. Estamos preocupados com os nossos jogos, é evidente que sentimos que estas coisas não deviam acontecer, mas estamos focados.

O nosso nível exibicional em Portugal ou no estrangeiro é idêntico. Há outros que têm dificuldade, porque há golos como o do Bessa [golo de Cervi] que nunca aconteceriam na Liga dos Campeões“, referiu.

Veja também: VÍDEO: Atlético de Madrid oferece um bruto carro a João Félix

Pinto da Costa estendeu a sua crítica à Sport TV.

Todos os analistas foram unânimes em considerar falta, mas no juízo da final da Sport TV o senhor que lá estava, que por acaso foi fiscal e linha do Hélder Malheiro, foi o único que conseguiu ver que não havia falta. Aqui assumo que é falta de seriedade da Sport TV, em não ter pessoas capazes a analisar. Estão a defraudar a verdade.

E a Sport TV é um serviço que se paga, não é televisão em aberto, ganham muitos milhões à custa dos assinantes e dos contribuintes. É preocupante, os responsáveis devem estudar bem esse assunto e não permitir que se contribua para a mentira no futebol”, concluiu.

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR